Minhas artes

Link-me


Outras atividades

Outras atividades
Ideias, Projetos e Atividades sobre IDENTIDADE

Translate

5

Voltando aos desafios e ao Scrapbook

Ando correndo tanto...
Bateu uma saudade da tesoura e do papel, do meu álbum de fotos...

Então consegui um tempinho para criar um LO e participar do desafio do Scrap entre Amigas.

Desafio: Seguir a Sketch


E para o Crazy4Scrap, o desafio do Sketch trazia um extra, usar algum tipo de furador e estêncil com carimbeira.




Na página usei aquarela de tinta pva diluída em água com máscara acrílica;
Na página do smash fiz a aquarela usando lápis de cor aquarelável.
O mesmo sketch mas 30x30 ficou assim:


Para o blog Scrap pelo Brasil o desafio é se divertir seguindo o Sketch, arrisquei uma página 30 x 30.




Para o Desafio do Chalkboard do Scrap pelo Brasil, usei o Smash azul, o Smart Style.
Ele é o meu portfólio profissional. Amo!!








Minha página já veio com este efeito, mas para fazer o efeito chalkboard, mais conhecido como lousa/quadro de giz, tenho um passo a passo facinho que eu uso.

1 folha de scrap preta;
1 carimbeira branca;
1 pedaço de esponja doméstica;
1 caneta gel branca.
Dá uma espiada como fica parecidinho:
Você passa a parte lisa da esponja, na carimbeira branca, dando leves batidinhas.

Não é preciso ficar repetindo as batidinhas, use a mesma tinta para toda folha, se ela for ficando mais fraca, não tem problema, o efeito fica bonito.
Vá espalhando de forma desordenada e com leves batidinhas, por toda folha.


Quando terminar vire a esponja, use o lado áspero para "lixar" a folha e diminuir o efeito das carimbadas, deixando mais fraquinha.
Use a caneta gel para desenhar, escrever, fazer o acabamento, título, journaling... enfim.











Leia mais...
1

A professora que amava caixas

Um ventilador novo na sala é ótimo para aliviar o calor!
Mas a sua caixa grande vai para o lixo? Que nada!! Aqui ela vira um divertido labirinto, para achar a saída não vale encostar no carrinho, é preciso  dois amigos segurando a caixa para encontrar a saída.






Leia mais...
1

Projeto Leitura

Este projeto já estava em andamento quando cheguei na turma do Picolé. Foi feito pela profª Serimar Siqueira como forma de incentivar a leitura, além de proporcionar um momento único para a família.

A criança escolhe o livro para levar pra casa e junto com a família, fazem o registro.






Leia mais...
2

O Espaço Pedagógico como extensão do educador

Sempre acreditamos que o ambiente tem um papel importante na educação de crianças pequenas. Ele pode ser estimulante, instigante e convidar a criança a se movimentar, explorar e descobrir ou ao contrário disto, pode intimidar e acomodar. Com base nesta ideia, o trabalho realizado em nossa turma de Convivência III - 5 anos é estruturado em estações de trabalho que chamamos carinhosamente de Cantinhos.

Vale destacar alguns pontos que consideramos importantes no trabalho com Cantinhos:

* Não são fixos, imutáveis e podem ser alterados de acordo com as necessidades ou interesses da turma;
* De tempos em tempos, é aconselhado trocá-los, remodelá-los e reavaliar se estão cumprindo seus objetivos;
* Não se prenda a identidade de gênero, monte cantinhos multifuncionais;
* Observe as características da turma e tire proveito disto, são agitados, calmos, curiosos...
* Delimite claramente o início e o fim de cada espaço, se a turma for grande e os espaços pequenos, delimite o número de crianças que podem ocupar o espaço e crie estratégias para que façam as escolhas e revezem na ocupação;
* As crianças podem brincar em mais de um espaço ao mesmo tempo, mas ao término da exploração, a regra é cada coisa em seu lugar.

Nossos cantinhos foram (re)organizados no início de setembro, o ideal é que tivessem sido mudados antes, mas passamos por um período de greve que acabou prorrogando as transformações.
A sala é composta por 10 meninos e 3 meninas, duas professoras revezam os cuidados com as crianças, planejamento e execução de atividades.
Consideramos então, estes espaços como um terceiro educador, nossa ideia é de que as crianças transitem livremente entre eles, de forma autônoma, enquanto orientamos os grupos que estão em atividade didática.

*Oficininha - A estação das ferramentas, foi uma aquisição da escola para quase todos os grupos, embora não seja um espaço em que as crianças permaneçam por longo tempo, elas procuram bastante. 



* Casinha - Espaço livre, que as crianças podem fingir ser a barraca em um acampamento, a casinha, a oficina...


* Cantinhos Etinerantes - Alguns cantinhos podem  ficar dentro de caixas ou em prateleiras, pois nem todos caberiam no espaço da sala de aula. Nestas caixas e prateleira fizemos o cantinho das pistas e carrinhos e dos legos, podem ser levados para outros espaços.

(Algumas sugestões de cantinhos etinerantes são Caixa da banda rítmica com vários instrumentos musicais, consultório - com objetos, aventais etc Caixa de Projetos)


* Cantinho do Supermercado:  Ainda está sendo construído com as sucatas que as crianças estão juntando. Colocamos jornal dentro das caixas e lacramos para dar um efeito mais parecido com o produto real. Cada dia eles incrementam trazendo alguma coisinha.


* Cozinha: Com alimentos de brinquedo, jarra de água de verdade e muitos brinquedos.

Varal de Atividades: As atividades das crianças devem ter um espaço para serem expostas por um determinado período, só depois disto, elas entram no envelope. O varal de exposição fica do lado de fora, depois de um tempo, são guardadas nestes envelopes.


* Cantinho das Fantasias /Espelho: Para estimular a imaginação, a fantasia e o faz de conta, roupas e acessórios ficam a disposição, junto com o espelho. Este é um dos cantinhos que fica quase que permanente.


* Cantinho da Leitura / Teatro e Faz de Conta: Fantoches, livros e um espaço para o teatro . Os livros que estão presos a um elástico caem do céu e ficam pendurados a disposição, dependendo do dia eles passeiam nos parques, amarrados na sombra  da árvore.


VISÃO GERAL:

Bastante espaço livre para mexer com os cantinhos e explorar os brinquedos, no centro da sala tem uma trilha, para estimular as brincadeiras.


Leia mais...