Minhas artes

Link-me


Outras atividades

Outras atividades
Ideias, Projetos e Atividades sobre IDENTIDADE

Translate

5

Oficina de E.V.A 3D em Campinas - Modelagem e Pinura Country

EM MAIO Campinas /SP receberá a Krika para uma oficina de dois dias. Serão confeccionadas 4 peças. Três são da nova coleção fazendinha ( a Fazendeira, o Espantalho e a Eguinha Pokotó) e a outra peça será o topo de bolo para casamentos.
Para quem não conhece, mas gostaria de conhecer, já postei vídeos dela por aqui e uma foto de um enfeite de bolo de casamento que fiz, totalmente inspirado no trabalho dela.

O blog desta artesã que será a professora deste curso é:



As peças e os detalhes da oficina podem ser vistos no blog da KIKA ARTISTA, que é a proprietária do ateliê que será cede destas oficinas.
Para mais informações como valores, lista de materiais e inscrições, visitem e entrem em contato com a Kika:







Esta semana farei minha inscrição, se você também é de Campinas - SP, ou região, não perca!!!
Leia mais...
19

Sala de aula - cantinhos prontinhos e outros a caminho

Oba!! Finalmente COM internet.
Quando alguém falar que está com síndrome de abstinência da internet, podem acreditar, passei por isso. hehehe
5 semaninhas sem postar nadinha no blog, quando muito conseguia dar uma lidinha rápida nos comentários...

Bom, vou começar apresentando meu trabalho.
Este ano de 2012 estarei trabalhando no CECI - Centro de Convivência Infantil.
Estou com uma turma de maternal III - crianças de 3 anos, todas completarão 4 dentro deste ano, até o mês de outubro.
A sala tem 23 crianças e somos 3 professoras. Eu, Dani e Mari, que por sinal, estas duas estão sendo uma fonte de aprendizado sem explicação. Cada dia aprendo um tantão com elas, coisinhas que faculdade nenhuma ensina.
É tanta coisa nova e diferente, que nem sei por onde começar...

A creche é grande, atende filhos de funcionários e alunos da Unicamp e a estrutura é algo razoavelmente apresentável, embora lide com a carência de recursos como qualquer creche gratuíta, o espaço e a qualidade do trabalho e ensino oferecidos estão bem acima e, podemos dizer, atua em nível quase de escola particular, pelo menos na minha opinião.

A salinha foi organizada fundamentada no livro " ESPAÇOS EM EDUCAÇÃO INFANTIL" - da Vera Melis - Editora Scortecci

Acreditamos que os espaços são mais do que recursos de aprendizados, são o aprendizado em si. É atuando nestes espaços que a criança brinca e recria seus conceitos, assimila regras, aprende a conviver e a respeitar, por isso, pensamos com carinho na hora de construir e dispor materiais.

* Vista do espaço do módulo.
Possui 3 salas, um banheiro um salão dividido em dois espaços (foto abaixo)




O lugar de acolhida deve ser aconchegante, gostoso. Deve ser estimulante para as crianças e para aqueles que ali ficam boa parte do dia.
O salão foi dividido em duas partes.
Na maior, montamos espaços para a descoberta;


Nesta divisória menos, deixamos o espaço para as rodas de conversa, calendário e chamadinha.


A roda de conversa deve ser em um lugar espaçoso, deve proporcionar que as crianças consigam ver umas as outras, bem como escutar o que está sendo conversado. Neste espaço, combinamos o nosso dia, planejamos nossa rotina, discutimos regras, conversamos, aprendemos sobre o tempo e os dias da semana e fazemos a chamadinha.



* O Varal da rotina, tem fotos das crianças em diversas atividades, ele é ordenado de acordo com o espaço/tempo da rotina diária;
* Abaixo e a esquerda, temos o painel da chamadinha, feito pela Profª Dani que domina estas coisinhas de costura e paninhos, esbanja talento com as agulhas. Ela carimbou a mão das crianças e pregou botões, fizemos cartões com a foto e o nome da criança e, cada dia, temos uma brincadeira nova na hora de fazer a chamadinha.
* Abaixo e a direita, temos nosso calendário que incluiu registrar o tempo e também fazer a contagem das crianças presentes e das que faltaram.


*CESTAS DO SIMBÓLICO COM MINI CANTINHOS

Nestas cestinhas temos livros, bandinha, legos, gibis, livros e acessórios para pentear o cabelo etc... São itens que estimulam a imaginação e exercitam o simbólico.


* Sala de atividades:
Além de um salão enorme, temos mais 3 salas. 1 deixamos separada para funcionar como um ateliê. Momentos de construção e descobertas.
No varal, cada um tem seu espaço para guardar suas atividades depois de elas ficarem expostas por algum tempo.



* OLHA COMO EU CRESCI:


Um dinossauro com régua medidora e uma balança. A forma mais divertida de trabalhar conceitos como maior, menor, mais leve, mais pesado...



* DESCOBERTA DAS HISTÓRIAS:

Mais uma vez a Dani pegou paninhos e transformou em recurso didático e ficou lindo. Para este espaço, separamos duas poltronas aconchegantes e que mudam seu formato, dispor livros e caixas, nos varais e nos bolsos deste painel é uma forma de incentivar a leitura e o hábito de ler.




* DESCOBERTA DA IMAGINAÇÃO
Neste espaço as crianças fazem de conta o tempo todo. Uma hora são mães outra são os pais, penteando e arrumando seus filhos ou então, que são a "moça do salão", como costumam falar.




O espaço conta com um espelho de tamanho razoável, que serve não apenas para o momento da brincadeira neste cantinho, mas a todo instante, como forma de construir a imagem corporal.




* CANTINHO DO CONSTRUTOR


Sobrou material da reforma lá no meu ap, pedaços de madeiras, trinques, fechaduras etc, tudo isto foi colocado em uma tábua, comprei um kit com ferramentas e, de repente, surguiram muitos interessados em consertar as coisas lá na creche. Toda hora tem alguém martelando ou parafusando alguma coisinha. Meus futuros engenheiros e arquitetos.





* Acampamento


Primeiro encontramos a barraca, estava desgastada e deixada de lado, depois, ela foi adotada pela turma que fez dela um lar, daí chegaram as bolinhas que foram doadas por uma das crianças. Diversão garantida.





* A DESCOBERTA DA FANTASIA


Cabides, roupas, acessórios, chapéus e bolsas de um lado.

Uma cozinha completinha de outro

Assim, incentivamos a imaginação e a livre expressão das crianças.



DICA: Aprendi com a Dani, uma regrinha super bacana. Cada espaço deve ter um limite de crianças que devem ocupá-lo, cabe a elas o revezamento e a negociação para que possam ocupar estes espaços juntas ou alternadas, desta forma o brincar fica organizado e toma dimensões lúdicas pedagógicas, evitando aquela brincadeira que vira uma bagunça desorganizada, onde o objetivo é apenas tirar do lugar.

Leia mais...