Minhas artes

Link-me


Outras atividades

Outras atividades
Ideias, Projetos e Atividades sobre IDENTIDADE

Translate

2

Projeto - Os Alimentos Têm História



Já está disponível o Projeto Alimentos Têm História, são dicas de músicas, histórias, atividades, brincadeiras e muito mais, clique no link abaixe e visite a página inicial do Espaço da Criança. Está uma delícia!




VISITE NA PÁGINA INICIAL, AS POSTAGENS SOBRE ESTE TEMA : ALIMENTAÇÃO



Leia mais...
12

Projeto Alimentos têm História - Atividades da Web

ATIVIDADES LEGAIS PARA FAZER DURANTE O PROJETO ALIMENTAÇÃO


Viseira

Pode substituir por outro alimento que a turminha prefira ou conheça melhor

Que tal montar um prato bem gostoso e nutritivo, utilizando recortes de panfletos de supermercado;


DICA DO BLOG ESPAÇO DA CRIANÇA: Trabalhinhos em folha, são ótimos para fazer o registro da atividade, mas as manifestações artísticas é que animam a garotada, que tal massinha de modelar e uma tampa de nescau para montar o prato que a criança mais gosta de comer?



Cestinha de LEGUMES

Tem um livro maravilhoso que se chama "A Cesta De Dona Maricota"

Depois da leitura, as crianças podem confeccionar alguns personagens para brincar e aprender mais sobre os benefícios que trazem ao nosso corpo.

Caixinha em forma de cenoura:

Uma criativa embalagem para guardar um pedaço do bolo feito na aula de culinária. Bolo de cenoura com cobertura de chocolate é uma delícia.






Quem representa melhor o Brasil e sua "tropicaliedade" do que Carmen Miranda?

Um país tropical que tem clima e terra propícios ao plantio, é muito importante que as crianças percebam que vivem em lugar fértil.




Este jodo de adivinha, pode ser feito diariamente, a professora sorteia uma cartinha e fala sobre as curiosidades deste alimento, as crianças devem tentar localizar a ficha que possui o desenho que corresponde a curiosidade.










Mousse de abacaxi é uma delícia, melhor ainda se o potinho for em uma embalagem divertida.

Faça esta embalagem em lixa, assim reproduzimos a textura áspera do abacaxi. Muito divertido.





Leia mais...
8

Sequência didática: Os alimentos têm história



Sequência didática – Os Alimentos Têm História


1ª aula -

Apresentação do tema: Falar o nome do projeto e questionar sobre o que esperam aprender com este título.
Apresentação do Slide com:
Alimentação no útero materno; Amamentação; Papinha e mamadeira; Comida sólida;
Água, o líquido mais importante para o corpo;
Importância dos exercícios físicos para o corpo.
2ª aula
O que eu gosto de comer? (registro em folha sulfite)
O que eu não gosto de comer?
Fazer um cartaz com alimentos que a turma gosta e não gosta.
Apresentação: Conhecendo os alimentos com o senhor Banana (ver no youtube).
Hora do conto: Por que não podemos comer só batata frita – de Francoise Faugerion
3ª Aula:
Gráfico do alimento (salgado) preferido da turma.
Música fome come - Palavra Cantada
Conversar sobre a falta de alimentos em alguns lugares e famílias e o desperdício, estimulando a criança a servir pouco e comer tudo.
4ª Aula: Gráfico do alimento (doce) preferido da turma.
5ª aula: Gráfico da fruta preferida da turma.
Hora do conto: Amanda no país das vitaminas.
Comparação entre alimentos que comemos e alimentos que devemos comer.
Música: Salada de frutas - Xuxa
6ª aula: Degustação dos alimentos preferidos: Vendar os olhos das crianças, para que experimentem os alimentos e tentem descobrir qual alimento estão provando.
7ª aula: Piquenique: Realizar um piquenique para que as crianças compartilhem alimentos vindos de casa, estimular que experimentem aqueles que não provariam normalmente.
8ª aula: A alimentação na pré história:
Como nossos ancestrais se alimentavam?
Sabiam plantar?
Pescavam e caçavam?
Que alimentos utilizavam?
O que nos ensinaram?
Vídeo: Doki descobre - A família dos alimentos
Música Come que a mamãe fica contente – Eliana
9ª Aula: A influência indígena e Africana em nossa culinária:
A Lenda do milho
A lenda da Mandioca
A história de Pindorama (usar a música Pindorama do grupo palavra Cantada)
Registro: Milho de papel crepom
10ª Aula : História do Visconde de Sabugoza, o milho mais famoso
Música - Visconde de Sabugoza - Sítio do Pica Pau amarelo
11ª Aula: Alimentos de origem animal - alimentos de origem vegetal
Quais alimentos são oferecidos pelos animais?
Quais aqueles provenientes da natureza?
Vídeo: Ordenha de uma vaca e fabricação de leite
Culinária: Iogurte de morango
12ª Aula: Vídeo: Apicultura - Criação de abelha e fabricação de mel
degustação: Mel in natura
Hora do conto: A galinha Ruiva
Apresentar a criança uma galinha, deixar que toquem, peguem no colo e acariciem.
Mostrar os ovos.
Trigo: Mostrar as crianças o trigo, que faz a farinha, deixar que toquem, sintam a textura e depois vejam a farinha após o processo.
culinária: Pão Caseiro
13ª Aula: Alimentos de origem Vegetal:
Parte 1: Hora do conto: Saladinha de queixas – Tatiana Belinky
Culinária: Salada de frutas
conversar sobre vitaminas e sais minerais, presente nas frutas.
Legumes e verduras:
Definir o conceito de legume e verdura
Parte 2: Hora do conto: O Sanduíche da Maricota
Falar sobre o que gostamos e o que devemos comer, para manter nosso corpo saudável.
14ª Aula: A água como bebida fundamental para a manutenção do organismo.
Listar a utilidade da água
Conversar sobre os benefícios da água para o corpo.
Ressaltar os benefícios da água para o crescimento e sobrevivência das pessoas, animais e plantas.
15ª Aula: Mercadinho
Montar um mercadinho com embalagens enviadas de casa;
Neste momento as crianças aprendem a importância da leitura de rótulos,
exercitam noções matemáticas
16ª Aula: Pirâmide alimentar
Conversar sobre a pirâmide alimentar;
Construir a pirâmide usando rótulos de alimentos
destacar a importância da higiene dos alimentos;
17ª Aula: Digestão
Alguns alimentos começam seu processo de digestão ainda na boca, conversar com as crianças, mostrar imagens.
Falar sobre a importância da escovação e cuidados com os dentes.
Construir o “bocarrão” – boneco de prato de papelão e pipoca.
18ª Aula: Usar o molde do corpo de uma das crianças para construir um boneco em papel pardo, construir com sucata os órgãos internos, de forma a mostrar o funcionamento do corpo durante a digestão.
19ª Aula: Classificar alimentos - Reguladores, construtores, energéticos e energéticos extras, através de fichas de classificação.
20ª Aula: Aprender sobre o processo de cultivo de alimentos de origem vegetal:
Plantio, cuidados e colheita.
Montar uma mini horta com garrafa Pet
21ª Aula: Feirinha
Pedir que cada família envie uma determinada fruta, é importante determinar quem traz o quê, para garantir a diversidade de sabores e texturas.
Na rodinha, permitir que sintam a textura, o aroma e observem a forma e tamanho de cada fruta.
Fazer questionamentos como: Que fruta é verde por fora e vermelha por dentro?
Qual fruta seguramos com apenas uma mão?
Qual pesa mais e qual pesa menos?
Qual a maior e qual a menor?
Montar a feirinha na salinha e distribuir cédulas de brinquedos para que comprem a sua fruta preferida. Como possuem apenas 4 anos, as cédulas serão todas de um.
Guardar as frutas, para preparar na próxima aula.
22ª Aula Salada de Frutas
Colocar as frutas na mesa e solicitar que arranjem critérios de classificação para que as frutas fiquem organizadas em apenas dois grupos.
Abrir e deixar que degustem a vontade, depois distribuir faquinhas plásticas para que cortem e preparem uma salada de fruta.
Um bom critério de classificação são as sementes, algumas ficam escondidas dentro da fruta, outra do lado de fora (como caju e morango).
Vídeo: Cocoricó – Morango de Pertinho
23ª Aula : Mural das Sementes
A planta tem um ciclo de vida que começa na semente.
Depois de degustar as frutas da salada de frutas, guarde e seque as sementes, prepare alguns saquinhos e coloque em um mural para que observem tamanhos e formas.
Qual é maior? Qual é menor?
Qual pesa mais? Qual pesa menos?
24ª Aula: Caderno de receitas.
Eu comeria um milhão de vezes...
Cada família envia uma receita que use o milho como ingrediente, as crianças irão montar, pintar e colar no caderno de receitas que irá para casa ao término do Projeto.
25ª Aula:
Tintas e remédios produzidos com alimentos.
Potes Olfativos:
Cada criança irá trazer uma erva ou um tempero, para fazer o pote olfativo.
26ª Aula: Releitura da Obra de Giuseppe Arcimboldo
Falar sobre o artista
Mostrar suas obras
Utilizar panfletos de supermercado, para fazer a releitura da obra.

O Projeto será ainda maior, está previsto para durar até o final do ano, em breve, postarei as atividades e imagens que eu for fazendo com a turminha.
Leia mais...
2

Projeto Os alimentos têm História

JUSTIFICATIVA:


As crianças a cada dia se distanciam mais da alimentação saudável e nutritiva, preferindo alimentos prontos e industrializados que, muitas vezes, não possuem os nutrientes necessários para manter o corpo funcionando saudável.
Lembro da minha família insistindo para que eu comesse verduras, legumes e frutas, para que comesse devagar e várias vezes ao dia, mas eu não tinha paciência para interromper a brincadeira, sentar e atender tantos requisitos para uma refeição completa. Hoje em dia, vejo isto nas crianças, a pressa de brincar, ver tv, comer enquanto está em frente a tv. Preferem salgadinhos, todinhos e outros alimentos "práticos" e "saborosos".
Se recusam a comer verduras, legumes e frutas, quase não aceitam novos alimentos, comendo sempre aquilo que gostam.
A obesidade infantil passou a ser um problema de saúde pública, para a prevenção de doenças ligadas a ela.
Não há fruta que ganhe de uma propaganda do mac donald's, ainda mais que a fruta não tem brinquedo de brinde. A propaganda para produtos industrializados é enorme e extremamente cativante, em contrapartida, não há nenhum atrativo para os alimentos saudáveis.

Buscando reeducar as crianças para uma postura alimentar correta, ensinando que é possível comer bem e de forma nutritiva, criou-se este projeto

OBJETIVO GERAL:


Incentivar o consumo de alimentos saudáveis, despertando a consciência para alimentos naturais e saudáveis de uma forma, lúdica e educativa.

OBJETIVOS:


- Conhecer a história e finalidade de cada alimento;

- Pesquisar e registrar sobre a alimentação da família, anotando diariamente os alimentos consumidos e o horário das refeições;
- Buscar informações em diferentes fontes;

- Incentivar aos bons hábitos alimentares;
- Identificar as preferências alimentar dos alunos;
- Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;
- Reconhecer os alimentos que fazem bem a nossa saúde;

- Identificar alimentos medicinais;
- Identificar cores, textura, aromas e os diferentes sabores dos alimentos;

- Identificar semelhanças e diferenças entre os hábitos alimentares dos alunos.

RECURSOS E ESTRATÉGIAS:



- Rodinha;
- Lista de alimentos que gostamos;
- Lista de alimentos que NÃO gostamos;
- Culinária;
- Músicas ;
-Vídeos;
- Teatro;
- Pesquisas em folhetos de supermercado;
- Supermercado com embalagens;
-Feirinha;
- Recorte, colagem e modelagem;
- Desenho livre;
- Construção com argila;
- Construção com sucatas
- Confecção de fantoches;
- Potes olfativos com especiarias;
- Atividades artísticas;

AVALIAÇÃO:


A avaliação será realizada de forma descritiva, através do registro individual de cada aluno, levando em consideração uma mudança de hábito na alimentação, bem como interesse em experimentar e incorporar novos alimentos ao paladar.

Leia mais...
2

PROJETO - Os alimentos têm história

De onde vem os alimentos que consumimos?

Por que devemos selecionar os alimentos que comemos?

Existe algum alimento mais importante que outro?

Qual a quantidade de alimentos que devemos ingerir?

Quantas vezes por dia devemos comer?

Podemos comer chocolate e doces?



Estas e outras perguntas - que são dúvidas na cabecinha da criançada, devem ser respondidas ao longo deste projeto, para que possamos incentivar uma melhora na qualidade da alimentação do alimentos que os pequenos consomem.

Este material foi confeccionado em power point, foi apresentado através do data show, devido aos movimentos e vídeos encontrados no youtube.




Se estamos protegidos dentro da barriga da mamãe, o que fazemos quando queremos um leitinho ou uma pizza?

Como fazemos para comer?

Toquem na barriguinha de vocês... o que será este furinho que temos?

Quando ainda estávamos na barriga da mamãe, havia um cordão que ligava o corpo da mamãe ao corpo do bebê, este cordão é chamado de cordão umbilical.


Assista este vídeo, que mostra as fases da gravidez e o cordão umbilical.

A música que acompanha é "De umbigo a Umbiguinho", do Toquinho.



Ao nascer, o bebê precisa a se alimentar sozinho, mas ele ainda não tem dente, não sabe falar e ainda é muito pequenino, como faz para comer?



Mamar é uma das principais atividades do bebê.


A mamãe sente felicidade ao amamentar seu filho, amamentar não dói e é uma forma de carinho entre mamãe e bebê.


Até os 6 primeiros meses de vida, o bebê não precisa de água, chá ou qualquer outro alimento, apenas o peito da mamãe. O vídeo abaixo pertence ao Ministério da Saúde.




A partir dos 6 meses o bebê pode comer papinhas, mas se ainda desejar e a mamãe puder, pode continuar mamando no peito até os dois anos de idade, porém, agora pode comer novos alimentos.














Estudaremos dois alimentos o MILHO e a MANDIOCA, comuns a cultura local.


Daremos ênfase aos índios e Africanos, pois a herança culinária permanece até os dias atuais.







A PIRÂMIDE ALIMENTAR



Faremos estudos sobre a pirâmide alimentar e os benefícios de cada alimento consumido para o nosso corpo. As crianças atendidas possuem 4 anos, logo, o nível de entendimento deles é pouco e as atividades devem ser práticas e relacionadas ao cotidiano, sempre com muita experimentação.







Leia mais...
9

Os Alimentos Têm História - ALFABETIZAÇÃO

AULA DE ALFABETIZAÇÃO - TURMA INFANTIL I


As aulas de alfabetização costumam utilizar o conceito de alfabetização através do texto/imagem.


Usamos o data show e fazemos a apresentação em power point, a professora aponta cada palavra enquanto está lendo a história, as figuras complementam a mensagem.


Após o término da aula, as crianças são chamadas (uma de cada vez), para apontar as palavras chaves que são solicitadas. O trabalho é feito da seguinte forma: a professora lê a frase "de onde vem os alimentos", apontando cada palavra que lê, no final, pede que a criança aponte a palavra alimento e assim em cada slide do "livro" digital.


Podemos ir complementando o texto, acrescentando curiosidades e explanando o conteúdo, para que aprofundem o aprendizado do tema e manifestem seus conhecimentos prévios a respeito do assunto trabalhado.


A primeira aula será esta abaixo, que explanará a origem dos alimentos (vegetal e animal - por ser uma turma de 4 anos, a origem mineral ficará de fora).


Antes desta aula, as crianças conversaram sobre os alimentos que gostam, os que não gostam, folhearam panfletos promocionais de supermercado, mostrando aos amigos os alimentos consumidos em casa. Por último, assistiram uma apresentação sobre a primeira fonte de alimentação ( o cordão umbilical) e a evolução da alimentação através da amamentação, mamadeira e papinhas, até os dias atuais.

1 - De onde vem os alimentos?
Neste slide as crianças costumam falar que vem do supermercado, da feira.
Ignoram o processo de produção como plantio ou criação do animal para consumo.
Ainda que, para esta faixa etária, não vou enfatizar o animal, para que não sintam pena ou culpa.
2 - Os alimentos podem ser de origem ANIMAL, VEGETAL ou MINERAL - Não abordarei a origem mineral devido a pouca idade das crianças e ao conceito mais complexo.
Alimentos de origem animal, são aqueles que são feitos ou produzidos por animais.
Quais os alimentos de origem animal que conhecemos?


3 - A vaca é utilizada na açimentação, além da sua carne, ela fornece o leite, que utilizamos na fabricação de novos alimentos.



Está faltando um slide, que é a manteiga... não está aparecendo.

OBS: PARA COMPLEMENTAR OS ESTUDOS DOS ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL, AS CRIANÇAS ASSISTIRAM DOIS VÍDEOS (foram retirados do youtube - são bem simples e duram em média 5 minutos cada).





1º SOBRE A ORDENHA DE VACAS E FABRICAÇÃO DE LEITE;
2º SOBRE APICULTURA, CRIAÇÃO DE ABELHAS E FABRICAÇÃO DE MEL.




A DIFERENÇA ENTRE LEGUMES E VERDURAS:



Legumes podem ser cultivados sobre a terra como o pepino, chuchu, abobrinha ou embaixo da terra como a cenoura, beterraba e a cebola, em geral, os legumes precisam ser preparados para que possam ser consumidos, o que ajuda na sua classificação.



Já as verduras são as plantas folhosas cujas partes aproveitáveis situam-se acima do solo, como alface, repolho e espinafre, neste caso, encontram-se ainda as flores comestíveis, que são couve-flor e brócolis.

Leia mais...