Minhas artes

Link-me


Outras atividades

Outras atividades
Ideias, Projetos e Atividades sobre IDENTIDADE

Translate

0

A matemática e a escrita na China

Página do Zhou bi (Gnomo de Zhou), considerado como o texto mais antigo da matemática chinesa.A página corresponde a um edição de 1213, da biblioteca de Xangai.
A civilização chinesa desenvolveu-se, desde o 3.º milénio a.C., ao longo das margens do rio Amarelo e do Azul, na dinastia Hsia, iniciada pelo imperador Yu.
Continuou com a dinastia Shang, por volta de 1500 a.C., que ocupou a região de Xangai. São desta dinastia os primeiros numerais chineses inscritos sobre carapaças de tartarugas e ossos de animais - os ossos oraculares - que usavam para adivinhações. O sistema de ensino oficial na antiga China torna-se institucionalizado em cerca de 2000 a.C., e assim continuo na dinastia Shang, que dominou até cerca de 1066 a.C., e durante a dinastia Zhou (1166 a.C. a 771 a.C).O grande império desintegra-se, por volta do 700 a.C., e até aproximadamente, 400 a.C. coexistem estados independentes em, praticamente, permanente guerra uns com os outros, a China torna-se um Estado feudal. Foi nessa época que surgiram as duas principais correntes filosóficas da China: o confucionismo, que ressaltava os princípios morais, e o taoísmo, que defendia uma vida em harmonia com a natureza. Por volta de 221 a.C. a China foi reunificada pelo imperador Shih Huang Ti. Este mandou queimar todos livros, centralizou o poder, construiu cidades, palácios e estradas, e iniciou a construção da ''Grande Muralha'' para deter as invasões das tribos mongólicas.
Na dinastia a seguir, a dinastia Han (200 a.C. a 220 d.C.), estava estabelecido o confucionismo como a filosofia do estado. Nesta dinastia muitos dedicaram o seu tempo a transcrever, de memória, textos literários e científicos e a procurarem manuscritos que tivesses escapado à destruição. Portanto, todos os livros de matemática chinesa datam desta altura, mas muitos deles existiam ainda antes, mas torna-se muito difícil datá-los. Neste período o currículo de estudos era composto de "Seis artes": rituais, música, tiro com arco, guiar carruagens, história e aritmética. A aritmética estava intimamente relacionada com a numerologia.É nesta altura que foi reescrito o texto sobre matemática - o Zhou bi suan jing (ou Chou Pei Suan Ching ), provavelmente entre 100 a.C. e 100 d.C. Este texto contém um diálogo sobre as propriedades do triângulos rectângulos, no qual muitos vêem como sendo enunciado o teorema de Pitágoras e dada uma sua demonstração geométrica. Neste livro existe uma breve explicação sobre o cálculo aritmético.Nesta altura foi também compilado o mais influente dos textos matemáticos chineses antigos - Chiu Chang Suan Shu (Os nove capítulos da arte matemática). A sua compilação foi realizada, provavelmente, entre 100 a. C e 50 d.C. O livro contém 246 problemas distribuídos por 9 capítulos. É também deste período o texto Shu Shu Chi Yi onde se encontra uma primeira abordagem dos quadrados mágicos. Estes primeiros livros não são, portanto, o trabalho de um matemático, mas uma colecção do conhecimento matemático da altura, em princípio reescrito por outros matemáticos. Maior parte dos textos desta época chegaram até nós porque muitos matemáticos escreveram, ao longo de séculos, comentários sobre os textos, mas de facto poucos originais conseguiram chegar até aos nossos dias. O único texto matemático original desta época que chegou até nós foi o Suan shu shu (Livro de aritmética). Este texto, datando de 180 a.C., está escrito em tiras de bambo.A época compreendida entre os anos 221 e 581 é conhecida como a dos três reinados e das seis dinastias. Nesse período, a China sofreu divisões internas e o ataque de diversos povos nómadas (tibetanos, turcos e mongóis). Contudo esta época atribulada não pôs cobro à actividade matemática. Neste período, viveu o matemático Liu Hui (c. 260), que comentou os Nove Capítulo e escreveu Haidao Suanjing - O manual da aritmética da ilha - escrito inicialmente como apêndice ao capítulo 9.º dos Nove Capítulos o livro contém 9 problemas, versando o teorema de Pitágoras, com soluções. É também desta época o texto Sunzi Suanjing - Manual aritmético do Mestre Sun Zi (c. 300 d.C.), o texto está dividido em 3 capítulos, o último dos quais tem uma colecção problemas aritméticos.Na segunda metade do século V, aparece o Manual Aritmético escrito por Zhang Qiujian, este livro contém 92 problemas, divididos por 3 capítulos.
Em 581, a dinastia Sui (581 a 618), reunificou, de novo, o país.
Segue-se a dinastia Tang (618-906). Durante essa época, a China conheceu grande desenvolvimento artístico (poesia e pintura) e científico e entrou em contacto com outras civilizações, como a japonesa, a coreana, a indiana e a árabe. Este período foi caracterizado por uma forte influência estrangeira. É desta altura o texto Jigu Suanjing - Continuação da Matemática Antiga (cerca de 625). Foi escrito por Wang Xiaotong, e contém 22 problemas sobre irrigação, construção de celeiros e resolução de triângulos rectângulos. É, também, deste período uma enciclopédia sobre a matemática clássica do passado - Suan Ching Shih Shu - Os Dez Manuais de Matemática. O período de florescimento cultural e de expansão territorial da dinastia Tang terminou com a derrota chinesa frente aos árabes em 751, na fronteira norte-ocidental. A partir desse momento, começou uma fase de decadência e esta resultou em nova fragmentação que levou à queda dos Tang, em 907.
O período das cinco dinastias e dos dez estados, entre 907 e 960, caracterizou-se pelo caos político.
A partir de 960, a dinastia Song (960-1279) reorganizou o país impondo reformas tributárias que aliviaram a situação económica dos camponeses e favoreceram o comércio. Nessa época houve grande desenvolvimento cultural, com a difusão de textos impressos. Neste período viveram alguns dos grandes matemáticos da China, especialmente no século XIII


FONTE: http://www.malhatlantica.pt/mathis/china/china.htm

CURIOSIDADES:
http://www.chinaonline.com.br/antigo/ciencias/matematica/default.asp

A ESCRITA NA CHINA

A escrita chinesa é baseada em símbolos gráficos que representam uma idéia (ideogramas). Ela é adotada em vários países do leste asiático.
O conjunto completo é formado por cerca de 15.000 ideogramas, que podem ser agrupados em 4 conjuntos ou classes.

Muito interessante: Leia mais sobre o assunto e entenda

http://pt.wikipedia.org/wiki/Caligrafia_chinesa

0 carinhos recebidos:

Postar um comentário

Este blog foi criado para trocar ideias e compartilhar saberes.
Que bom que você chegou aqui e vai deixar seu comentário.
ADOREI A SUA VISITA!!