Minhas artes

Link-me


Outras atividades

Outras atividades
Ideias, Projetos e Atividades sobre IDENTIDADE

Translate

1

Vamos tirar as fraldas? Algumas orientações





Das fraldas para o peniquinho

Toda mudança numa criança deve respeitar sua individualidade e seu ritmo. Assim, é extremamente importante que se observe se a criança já atingiu um nível de amadurecimento que permita que ela produza resultados. As crianças, em geral, mostram que estão prontas para iniciar o treinamento de retirada das fraldas. Isso ocorre quando elas acordam secas, quando passam uma boa parte do dia secas e falam que fizeram xixi e/ou cocô.
Deve se iniciar com a retirada da fralda durante o dia, levando a criança ao banheiro algumas vezes, mesmo que ela não queira, porque ela ainda não sabe interpretar adequadamente esse desejo. Esse aprendizado costuma levar cerca de 5 a 6 meses. Os pais devem se preparar para essa transição, pois ela exigirá disposição e paciência para levar a criança ao banheiro várias vezes; trocá-la, quando molhada, para lidar com os sentimentos de derrota ou incompreensão da situação pela criança. Paciência e perseverança são indispensáveis, pois deve-se ter em mente que são muitos os comandos que a criança tem que aprender para o controle dos esfíncteres.
Nunca pergunte se a criança quer ou não ir ao banheiro, nos primeiros dias leve-a em horários prováveis que ela possa evacuar ou urinar. Se estiver brincando será ainda mais fácil de ela se distrair e deixar escapar. O tempo máximo de espera no banheiro deve ser de 10 minutos e esta deve ser uma tarefa interessante e não um castigo. Jamais xingue ou se irrite com as escapadas ou com a impaciência do pequeno em ficar sentado no “troninho”.
No geral, esteja preparado para trocar várias mudas de roupas e sapatos durante o dia. A maioria das crianças consegue o controle diurno entre os dois e três anos e o noturno pode demorar bem mais: um em cada dez não conseguirá antes dos seis anos, portanto nenhum calendário dirá quando chegou o momento de tirar as fraldas, depende de cada criança, ao iniciar a retirada das fraldas, não devemos colocar de novo, a menos que se interrompa o processo para tentar mais tarde, pois a criança ficará confusa.





Algumas dicas:

Primeira etapa: (Se a criança preferir o penico)
Deixe a criança escolher o penico.
Coloque o penico em locais onde a criança costuma brincar. Ela pode brincar com o penico, desde que não o use como chapéu. Ele ainda não será usado para suas eliminações.
Nos primeiros contatos com o penico, estimule a criança a sentar com roupa.
Segunda etapa:
Passe as eliminações das fraldas para o penico e depois para o vaso sanitário, com a ajuda da criança. No vaso use acentos redutores, se a criança preferir, pode se utilizar o vaso direto;
Deixe a criança com cueca ou calcinha e estimule-a a tirá-la quando for sentar no penico.
Quando a criança começar a usar o penico, coloque-o no banheiro. Troque a criança quando as fraldas estiverem com eliminações.
Meninos e meninas aprendem primeiro sentados. Quando completar o aprendizado, o menino deve ser estimulado a ficar de pé para urinar, imitando o pai e outros meninos.
Terceira etapa:
Adaptar o vaso sanitário para que a criança fique equilibrada ao sentar, firmando os pés no chão e não contraindo a musculatura.
Crianças devem ser acostumadas a usar qualquer banheiro.
Evite, ao máximo, protelar a eliminação de fezes ou urina. Leve a criança ao banheiro sempre que ela tiver vontade.
O que devemos fazer é valorizar os progressos e deixar claro que as perdas não têm importância, caso contrário, o medo de nos decepcionar pode piorar a situação.

1 carinhos recebidos:

Catharina Campos disse...

Achei o blog muito interessante principalmente como fonte de informação e ajuda para os pais e familiares.
Catharina ?Campos do babuchydecor.blogspot.com

20 de outubro de 2011 10:03

Postar um comentário

Este blog foi criado para trocar ideias e compartilhar saberes.
Que bom que você chegou aqui e vai deixar seu comentário.
ADOREI A SUA VISITA!!